10 Dicas de Mudança para você ficar tranquilo

Todo mundo que precisa  fazer uma mudança, rapidinho começa a pirar com a situação. São muitas coisas para organizar de uma vez, não é mesmo?

Caixas para desfazer, roupas de cama, mesa e banho para dobrar, colocar tudo em seu devido lugar… Mudança pode ser algo que realmente gaste bastante tempo. Então nós do Me Ajuda Limpeza resolvemos dar algumas dicas importantes para você fazer uma boa mudança.

Essas dicas não estão exatamente em ordem de importância, mas é interessante que você aplique o máximo possível delas para obter bons resultados.

1 – Mudança tranquila precisa ser feita com tempo

Não pense que você vai conseguir organizar tudo em menos de 10 horas. O normal é começar a se preparar pelo menos uma semana antes. Há quem tenha pouco tempo disponível e comece até um mês antes, mas não recomendo.

Primeiramente porque sua casa vai ficar totalmente entulhada de coisa. Mas além do desconforto também há o problema de empilhar coisas erradas e acabar quebrando, como por exemplo pratos e copos.

O ideal é verificar a casa pelo menos 10 dias antes, por motivos que falaremos à frente e realizar um planejamento de acordo com as suas necessidades, mas escute o nosso conselho, não faça com mais de uma semana de antecedência.

Indicamos que a limpeza do novo apartamento aconteça dois dias antes, assim você não corre o risco de acumular poeira antes da mudança e deixa a energia para a organização no grande dia. A limpeza é parte fundamental deste processo, seja no momento pré ou pós mudança as profissionais de limpeza podem auxiliar você.

2 – Comece pelos menores e depois vá para os maiores

Entenda que você precisa organizar as coisas de um jeito eficiente. Inicialmente você pode organizar tudo o que é pequeno, o que leva um pouco mais de tempo, e só depois se preocupar com o que for grande.

Onde vão ficar suas roupas se o guarda roupa está desmontado? Fazer um monte delas no meio do quarto pode ser um péssima ideia. Você vai precisar de espaço para se movimentar, e uma pilha de roupas no meio do caminho não ajuda.

Uma boa <strong>empresa de mudança</strong> não vai cometer esse erro, pensará nos detalhes que talvez você não perceba.

Diferente no pré mudança a ordem muda quando você está entrando na nova casa/apartamento. Neste momento você deve primeiramente entrar com o que é maior (móveis e eletrodomésticos) e só depois com o que é pequeno.

O motivo é simples, os itens pequenos se espalham como areia e acabam ocupando muito espaço. Já que nem sempre dá para empilhar e você acaba tendo que mover muitas coisas de lugar para montar os móveis maiores.

O ideal é que você já tenha um montador de móveis no local e esperar ele montar cada cômodo antes de subir com as roupas, livros e miudezas por exemplo.

3 – Contrate uma empresa de mudança, mesmo que parcialmente

Essa parece uma ideia bem boba, mas contratar uma <strong>empresa de mudança</strong> realmente resolve seu problema. Se o seu orçamento estiver curto você não precisa contratar a mudança inteira, tente pelo menos contratar um montador.

Montar e desmontar móveis com este auxílio é algo que facilita muito a mudança. Você poderá contratar um caminhão menor ou maior de acordo com os volumes da sua mudança e garantir que tudo seja preservado durante o deslocamento e montagem.

Se o orçamento estiver meio fraco, você pode tentar acionar alguns trabalhadores do prédio que tenham familiaridade com este tipo de serviço, assim você ficará desamparado e terá um custo menor.

4 – Então não se esqueça de caprichar na limpeza

Ter tudo limpo facilita bastante a sua vida. Pense que pode demorar alguns dias até que você empacote tudo. Imagina só se tudo estiver imundo.

Preservar os seus itens é essencial, por isso não deixe que sujeira seja guardada com ele. Quem sabe a pessoa até não ajuda um pouco na arrumação?

Para achar a pessoa ideal, você só precisa saber onde procurar, aqui no Me Ajuda você vai encontrar várias profissionais dispostas e qualificadas. Clique aqui agora e confira!

Lembre-se que o novo lar vai precisar ter uma faxina boa antes que se mobilize tudo. Afinal de contas você não vai querer bolsões de sujeira escondidos.

5 – Não se esqueça de separar tudo por cômodos

Fica muito mais fácil de se tirar as coisas do caminhão e organizar na casa se você usar a ordem certa. Não há nada pior do que na ânsia de terminar a mudança mais rápido você colocar tudo nos cômodos errados.

Assim você vai gastar semanas tentando acertar as coisas de lugar. O que vai gerar muito mais cansaço.

Então, ideal é que você identifique cada caixa e móvel com etiquetas que sejam de fácil remoção. Ninguém vai querer os móveis com marcas de cola neles, não é?

Se você quer ser mais preciso, coloque mais uma etiqueta para mostrar em qual cômodo este pacote deve ficar. Assim você não precisa perder tempo explicando para quem está levando tudo com você.

E sem contar que isso facilita muito na hora de organizar o caminhão.

6 – Use o maior número de pessoas possível

Entenda que a mudança é realmente desgastante. Não pense que economizar com pessoas é uma boa ideia. Seu corpo tem limites e o esforço é grande.

Acredite que se tentar fazer isso tudo sozinho é possível não aguentar, então o que você vai fazer? Garanta a sua segurança e evite lesões e acidentes graves.

Mas não se desespere, não é só contratando uma <strong>empresa de mudança</strong> que se resolve esse problema. Convide familiares e amigos para te ajudar e faça o possível para a contratação de pelos menos um montador e um profissional de limpeza!

Quem sabe esse não é um bom momento de reunir pessoas próximas? O pós obra pode se tornar em um bom encontro para comemorar o seu novo lar.

7 – Use embalagens, caixas, sacolas…

Não se preocupe em procurar caixas de papelão para tudo. Claro que elas são as mais fáceis de se lidar, mas não são a única opção.

Uma boa alternativa é utilizar sacos de lixo resistentes para colocar suas roupas e outros panos e tecido. Se você fizer isso de uma forma organizada, setorizando por cômodo ou funcionalidade, tudo bem dobradinho, sua mudança ficará muito mais fácil. Lembre-se, a mudança fica mais fácil com ordem.

Deixe nas caixas de papelão maiores tudo o que você tem de leve e que não seja frágil. Jamais caia na cilada de colocar papeis, jornais ou livros pois eles são mais pesados do que parecem, o que pode ocasionar o rompimento das caixas.

Existe uma enorme possibilidade de que caixas maiores não tenham sustentação para tanto peso e acabem abrindo. Tudo o que você não precisa é estar subindo as escadas do seu novo apartamento, exausto, e de repente tudo fica coberto de papéis e livros. Para estes materiais opte por caixas menores, assim você distribui o peso e facilita a locomoção.

Você pode ainda utilizar parte dos seus móveis para te ajudar, como por exemplo deixar roupas dobradas nas gavetas. Não é algo muito recomendado, mas quebra o galho.

É interessante envolver os seus móveis de madeira, MDF ou MDP com algum tipo de pano ou papelão. Infelizmente esbarrões serão inevitáveis então faça o possível para deixar a sua mobília coberta ou embalada.

8 – Verifique se a sua nova casa está com tudo funcionando antes da mudança

Você definitivamente não deve entrar em uma casa sem antes testar cada tomada e cada lâmpada. Não deixe de verificar também se a água está ligada, às vezes você pode estar usando o que sobrou da caixa d’água. Já imaginou você só descobrir isso depois de se ensaboar e passar xampu?

Tente fazer isso com a maior antecedência possível, assim você tem mais facilidade para corrigir o problema. Depois que você entrar e tudo estiver entulhado de caixas, será mais complicado para qualquer tipo de manutenção.

Para testar a eletricidade tenha em mãos um multímetro ou uma lâmpada com bocal. Vale ressaltar que se a casa tiver mais de uma tensão, é importante levar um multímetro ou uma lâmpada de cada tensão. Mudança às vezes precisa de equipamentos.

Evite problemas futuros e dê real importância para esta super dica!

9 – Tenha um kit de sobrevivência

Calma, não estou falando aqui de primeiros socorros (se bem que seria uma ótima ideia incluir na sua listinha). Estou falando de um kit com o básico de roupas e produtos de higiene pessoal.

Por mais que você tenha contratado uma empresa para fazer a sua mudança, você provavelmente vai estar bem cansado no final do dia. Dificilmente vai ser a hora de desempacotar tudo, então esse kit será muito útil para você poder descansar no primeiro dia e continuar descansada, com calma e organização as atividades no dia seguinte. Acredite  desempacotar a mudança com a cabeça fresca é muito mais rápido e eficaz.

10 – Mapeie sua nova casa antes de entrar

É de extrema importância medir os cômodos antes da mudança começar. Às vezes projetar como ficará apenas no olho pode ser uma péssima ideia. Imagine você, durante a mudança, descobrir que os móveis não caberão no local? Vai ficar um pouco difícil de improvisar.

Algumas empresas de mudança ofertam este serviço, entretanto, com um pouco de planejamento e paciência você pode fazer isso sem custo.

Não deixe de medir os seus móveis e ver onde eles devem ser dispostos. Quem sabe isso também não pode ser feito com um esquema de etiquetas para que todo mundo já deixe as coisas no lugar certo?

E aí, gostou das dicas? Então o que está esperando para colocar elas em prática na sua mudança? Aproveita para garantir uma excelente profissional de limpeza, clique aqui e baixe nosso app agora para ajudar a deixar tudo pronto para sua mudança e no seu novo lar!

Dicas de Mudança

Todo mundo que precisa  fazer uma mudança, rapidinho começa a pirar com a situação. São muitas coisas para organizar de uma vez, não é mesmo?

Caixas para desfazer, roupas de cama, mesa e banho para dobrar, colocar tudo em seu devido lugar… Mudança pode ser algo que realmente gaste bastante tempo. Então nós do Me Ajuda Limpeza resolvemos dar algumas dicas importantes para você fazer uma boa mudança.

10 Dicas de Mudança para você ficar tranquilo

Essas dicas não estão exatamente em ordem de importância, mas é interessante que você aplique o máximo possível delas para obter bons resultados.

1 – Mudança tranquila precisa ser feita com tempo

Não pense que você vai conseguir organizar tudo em menos de 10 horas. O normal é começar a se preparar pelo menos uma semana antes. Há quem tenha pouco tempo disponível e comece até um mês antes, mas não recomendo.

Primeiramente porque sua casa vai ficar totalmente entulhada de coisa. Mas além do desconforto também há o problema de empilhar coisas erradas e acabar quebrando, como por exemplo pratos e copos.

O ideal é verificar a casa pelo menos 10 dias antes, por motivos que falaremos à frente e realizar um planejamento de acordo com as suas necessidades, mas escute o nosso conselho, não faça com mais de uma semana de antecedência.

Indicamos que a limpeza do novo apartamento aconteça dois dias antes, assim você não corre o risco de acumular poeira antes da mudança e deixa a energia para a organização no grande dia. A limpeza é parte fundamental deste processo, seja no momento pré ou pós mudança as profissionais de limpeza podem auxiliar você.

2 – Comece pelos menores e depois vá para os maiores

Entenda que você precisa organizar as coisas de um jeito eficiente. Inicialmente você pode organizar tudo o que é pequeno, o que leva um pouco mais de tempo, e só depois se preocupar com o que for grande.

Onde vão ficar suas roupas se o guarda roupa está desmontado? Fazer um monte delas no meio do quarto pode ser um péssima ideia. Você vai precisar de espaço para se movimentar, e uma pilha de roupas no meio do caminho não ajuda.

Uma boa empresa de mudança não vai cometer esse erro, pensará nos detalhes que talvez você não perceba.

Diferente no pré mudança a ordem muda quando você está entrando na nova casa/apartamento. Neste momento você deve primeiramente entrar com o que é maior (móveis e eletrodomésticos) e só depois com o que é pequeno.

O motivo é simples, os itens pequenos se espalham como areia e acabam ocupando muito espaço. Já que nem sempre dá para empilhar e você acaba tendo que mover muitas coisas de lugar para montar os móveis maiores.

O ideal é que você já tenha um montador de móveis no local e esperar ele montar cada cômodo antes de subir com as roupas, livros e miudezas por exemplo.

3 – Contrate uma empresa de mudança, mesmo que parcialmente

Essa parece uma ideia bem boba, mas contratar uma <strong>empresa de mudança</strong> realmente resolve seu problema. Se o seu orçamento estiver curto você não precisa contratar a mudança inteira, tente pelo menos contratar um montador.

Montar e desmontar móveis com este auxílio é algo que facilita muito a mudança. Você poderá contratar um caminhão menor ou maior de acordo com os volumes da sua mudança e garantir que tudo seja preservado durante o deslocamento e montagem.

Se o orçamento estiver meio fraco, você pode tentar acionar alguns trabalhadores do prédio que tenham familiaridade com este tipo de serviço, assim você ficará desamparado e terá um custo menor.

4 – Então não se esqueça de caprichar na limpeza

Ter tudo limpo facilita bastante a sua vida. Pense que pode demorar alguns dias até que você empacote tudo. Imagina só se tudo estiver imundo.

Preservar os seus itens é essencial, por isso não deixe que sujeira seja guardada com ele. Quem sabe a pessoa até não ajuda um pouco na arrumação?

Para achar a pessoa ideal, você só precisa saber onde procurar, aqui no Me Ajuda você vai encontrar várias profissionais dispostas e qualificadas. Clique aqui agora e confira!

Lembre-se que o novo lar vai precisar ter uma faxina boa antes que se mobilize tudo. Afinal de contas você não vai querer bolsões de sujeira escondidos.

5 – Não se esqueça de separar tudo por cômodos

Fica muito mais fácil de se tirar as coisas do caminhão e organizar na casa se você usar a ordem certa. Não há nada pior do que na ânsia de terminar a mudança mais rápido você colocar tudo nos cômodos errados.

Assim você vai gastar semanas tentando acertar as coisas de lugar. O que vai gerar muito mais cansaço.

Então, ideal é que você identifique cada caixa e móvel com etiquetas que sejam de fácil remoção. Ninguém vai querer os móveis com marcas de cola neles, não é?

Se você quer ser mais preciso, coloque mais uma etiqueta para mostrar em qual cômodo este pacote deve ficar. Assim você não precisa perder tempo explicando para quem está levando tudo com você.

Sem contar que isso facilita muito na hora de organizar o caminhão.

6 – Use o maior número de pessoas possível

Entenda que a mudança é realmente desgastante. Não pense que economizar com pessoas é uma boa ideia. Seu corpo tem limites e o esforço é grande.

Acredite que se tentar fazer isso tudo sozinho é possível não aguentar, então o que você vai fazer? Garanta a sua segurança e evite lesões e acidentes graves.

Mas não se desespere, não é só contratando uma empresa de mudança que se resolve esse problema. Convide familiares e amigos para te ajudar e faça o possível para a contratação de pelos menos um montador e um profissional de limpeza!

Quem sabe esse não é um bom momento de reunir pessoas próximas? O pós obra pode se tornar em um bom encontro para comemorar o seu novo lar.

7 – Use embalagens, caixas, sacolas…

Não se preocupe em procurar caixas de papelão para tudo. Claro que elas são as mais fáceis de se lidar, mas não são a única opção.

Uma boa alternativa é utilizar sacos de lixo resistentes para colocar suas roupas e outros panos e tecido. Se você fizer isso de uma forma organizada, setorizando por cômodo ou funcionalidade, tudo bem dobradinho, sua mudança ficará muito mais fácil. Lembre-se, a mudança fica mais fácil com ordem.

Deixe nas caixas de papelão maiores tudo o que você tem de leve e que não seja frágil. Jamais caia na cilada de colocar papeis, jornais ou livros pois eles são mais pesados do que parecem, o que pode ocasionar o rompimento das caixas.

Existe uma enorme possibilidade de que caixas maiores não tenham sustentação para tanto peso e acabem abrindo. Tudo o que você não precisa é estar subindo as escadas do seu novo apartamento, exausto, e de repente tudo fica coberto de papéis e livros. Para estes materiais opte por caixas menores, assim você distribui o peso e facilita a locomoção.

Você pode ainda utilizar parte dos seus móveis para te ajudar, como por exemplo deixar roupas dobradas nas gavetas. Não é algo muito recomendado, mas quebra o galho.

É interessante envolver os seus móveis de madeira, MDF ou MDP com algum tipo de pano ou papelão. Infelizmente esbarrões serão inevitáveis então faça o possível para deixar a sua mobília coberta ou embalada.

8 – Verifique se a sua nova casa está com tudo funcionando antes da mudança

Você definitivamente não deve entrar em uma casa sem antes testar cada tomada e cada lâmpada. Não deixe de verificar também se a água está ligada, às vezes você pode estar usando o que sobrou da caixa d’água. Já imaginou você só descobrir isso depois de se ensaboar e passar xampu?

Tente fazer isso com a maior antecedência possível, assim você tem mais facilidade para corrigir o problema. Depois que você entrar e tudo estiver entulhado de caixas, será mais complicado para qualquer tipo de manutenção.

Para testar a eletricidade tenha em mãos um multímetro ou uma lâmpada com bocal. Vale ressaltar que se a casa tiver mais de uma tensão, é importante levar um multímetro ou uma lâmpada de cada tensão. Mudança às vezes precisa de equipamentos.

Evite problemas futuros e dê a real importância para esta super dica!

9 – Tenha um kit de sobrevivência

Calma, não estou falando aqui de primeiros socorros (se bem que seria uma ótima ideia incluir na sua listinha). Estou falando de um kit com o básico de roupas e produtos de higiene pessoal.

Por mais que você tenha contratado uma empresa para fazer a sua mudança, você provavelmente vai estar bem cansado no final do dia. Dificilmente vai ser a hora de desempacotar tudo, então esse kit será muito útil para você poder descansar no primeiro dia e continuar descansada, com calma e organização as atividades no dia seguinte. Acredite  desempacotar a mudança com a cabeça fresca é muito mais rápido e eficaz.

10 – Mapeie sua nova casa antes de entrar

É de extrema importância medir os cômodos antes da mudança começar. Às vezes projetar como ficará apenas no olho pode ser uma péssima ideia. Imagine você, durante a mudança, descobrir que os móveis não caberão no local? Vai ficar um pouco difícil de improvisar.

Algumas empresas de mudança ofertam este serviço, entretanto, com um pouco de planejamento e paciência você pode fazer isso sem custo.

Não deixe de medir os seus móveis e ver onde eles devem ser dispostos. Quem sabe isso também não pode ser feito com um esquema de etiquetas para que todo mundo já deixe as coisas no lugar certo?

E aí, gostou das dicas? Então o que está esperando para colocar elas em prática na sua mudança? Aproveita para garantir uma excelente profissional de limpeza, clique aqui e baixe nosso app agora para ajudar a deixar tudo pronto para sua mudança e no seu novo lar!